Rua Afonso Sarlo, 160 - Bento Ferreira, Vitória - ES

(27) 3636-9851 - (27) 3636-9885

  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle

©2019 por Fundagres Inovar.

X Simpósio Pesquisas do Café Brasil realizado em Vitória

Atualizado: Fev 13

O evento visa à promoção de diálogos sobre inovação e sustentabilidade


O Brasil e os brasileiros possuem uma tradição com o café. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), o mercado interno consome cerca de 22 milhões de sacas ao ano e a produção do país é responsável por alimentar 35% do consumo mundial, colocando o Brasil como o maior produtor do planeta. O Espírito Santo é o segundo estado com maior produção cafeeira e, por causa dessa importância, sua capital foi escolhida para sediar o X Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, que aconteceu nos dias 8 a 11 de outubro

Com o tema “Cafés do Brasil, Inovação e Sustentabilidade”, o X Simpósio de Pesquisa Cafés do Brasil se coloca como um espaço para discussão da produção cafeeira brasileira, principalmente a capixaba. Através do diálogo entre a comunidade científica e os produtores de café, o evento busca fomentar a competitividade do setor e aprimorar a qualidade do café nacional em cada etapa diferente da sua produção, dando destaque para novidades no setor. Piera Aoki, presidente da Fundação de Desenvolvimento Agrosocial do Espírito Santo (Fundagres Inovar), uma das organizadoras do evento em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), ressalta que “é importante estimular a difusão e transferência de conhecimento, tecnologias e informações para tornar a cafeicultura sempre mais sustentável, além de contribuir para a busca de soluções e alternativas para mitigar os problemas sociais, geração de emprego e renda e mudanças climáticas”.


O Incaper, instituição co-realizadora do X Simpósio, tem atuação relevante na promoção da cafeicultura no Estado do Espírito Santo, por meio do desenvolvimento de diversas tecnologias visando à melhoria da qualidade, aumento da produtividade da lavoura, redução de custos e da assistência técnica aos cafeicultores.

14 visualizações